Herdade do Freixo do Meio volta a ter Perus Biológicos para o Natal

2 Jul 2019 Freixo do Meio

A produção de perus pretos no montado da Herdade do Freixo do Meio remonta a 1996 e foi a primeira carne biológica a ser certificada em Portugal. Foi, desde então, uma carne bastante procurada pela qualidade e sabor distintos. Após um período de interregno, volta a ser uma das nossas apostas em 2019.

A criação de perus pretos ao ar livre, num sistema agroecológico diverso com a presença de outras aves domésticas como galinhas poedeiras e frangos parece ser à primeira vista o melhor
enquadramento quando falamos de
uma pecuária biológica multifuncional.

No entanto, são essas circunstâncias
que facilitam a propagação da Histomoníase, uma doença infecciosa que tornou a população de perus do Freixo do Meio bastante vulnerável e que esteve na origem de quebras avultadas na produção. Resumidamente, foi o que nos forçou a suspender a oferta do tradicional Peru Preto Biológico no Natal.

Tentamos, agora, novamente recuperar a produção desta ave tão simbólica para nós e para os nossos co‐produtores, com base em conhecimento técnico resultante de uma parceria desenvolvida com Paul Kelly, produtor de perus biológicos, do projecto geracional KellyBronze.

Iremos fazer uma produção ainda mais extensiva e selvagem, inspirados pelo maneio holístico de Allan Savory que esteve no dia 17 de Junho na Herdade do Freixo do Meio, com uma menor concentração de animais e marcando uma distância significativa de todas as outras aves.